You are currently viewing Balanço anual: é hora de planejar para prosperar em 2022

Balanço anual: é hora de planejar para prosperar em 2022

O balanço anual é um relatório que reflete a situação financeira de uma empresa em determinado período, além de serem muito úteis para a tomada de decisões em diversas áreas como: investimentos, compras, estratégias de vendas, tabelas de preços, solicitações de empréstimos e planejamento de pagamentos. 

Ele é composto pelos ativos (o que a empresa possui), passivos (dívidas) e a diferença entre estes, que é o patrimônio líquido. Este relatório é normalmente feito no final de cada ano, mas para melhor acompanhamento é importante que seja feito de forma mensal, trimestral ou semestral.

O balanço anual é importante porque informa aos proprietários, sócios e acionistas a saúde financeira da empresa, ou seja, se os recursos têm sido administrados de forma eficiente. Então, para prosperar, é preciso organizar os dados e estabelecer uma análise criteriosa do seu balanço contábil para traçar metas estratégicas para o próximo ano.

Estrutura do Balanço

A estrutura do balanço anual é dividida em três categorias principais:

Ativos

Esta seção inclui tudo o que a empresa tem de valor, sendo classificada em ordem da maior para a menor liquidez da seguinte forma:

Ativo  circulante: são os direitos, bens ou créditos que podem ser convertidos em caixa em um período inferior a um ano ou no final do ano de exercício. Essa categoria inclui fluxo de caixa, bancos, contas a cobrar, entre outros.

Imobilizado: um ativo imobilizado é aquele de propriedade da empresa, tangível ou intangível, que não se transforma em caixa no curto prazo e que é fundamental para o funcionamento da empresa, por exemplo: máquinas e equipamentos, mobiliário, imóvel, terrenos, etc.

Diferidos: esses não estão devidamente ativos, porém são considerados nesta seção. Eles representam custos e despesas que foram postergados para serem cobrados em períodos futuros.

Responsabilidades

São as dívidas ou obrigações que a empresa possui, esta seção representa o que é devido a terceiros, instituições bancárias, fornecedores, etc. Então são classificados de acordo com o prazo em que devem ser liquidados.

Correntes: são as dívidas da empresa com prazo inferior a um ano, que são consideradas de curto prazo, por exemplo: obrigações bancárias, contas a pagar a fornecedores, contas a pagar aos credores, etc.

Longo prazo: aqui, as dívidas contraídas pela empresa devem ser liquidadas em prazo superior a um ano. Como por exemplo: créditos bancários.

Diferidas: nesta classificação encontram-se as dívidas cuja aplicação corresponde aos resultados de exercícios futuros à data do balanço. 

Patrimônio líquido ou capital

Representa os recursos que parceiros ou proprietários investiram em sua empresa. O valor total dos ativos deve ser igual à soma do total dos passivos mais o capital.

Outros objetivos do balanço anual são os seguintes:

– Fundos excedentes ou insuficientes em dinheiro, bancos ou investimentos.

– Excedente ou falta de estoques por planejamento incorreto de compras.

– Elevados valores de vendas a prazo e / ou ineficiência de cobrança.

– Excesso de dívidas contraídas.